Como usar o verbo “ought to”

Posted on 19. Mar, 2012 by in Iniciante

Hi, there!

Começamos a semana com um post sobre gramática para você que quer aprender inglês aqui no blog da Transparent Inglês. O verbo ought to muitas vezes é neglicenciado nos livros e hoje vou resolver esse problema para você, ok?

  • Ought to é um modal verb então ele não tem infinitivo (lembra de to go? o to indica o infinitivo), não é conjugado na forma -ing e não leva -s na terceira pessoa do singular (he, she e it).

I ought to go now. [Devo ir agora.]
She ought to understand. [Ela deveria entender.]

  • Nas perguntas e negativas geralmente não usamos do, does, don’t e doesn’t.

Ought we to go now? [Devemos ir agora?]
It oughtn’t to take much longer. [Não deve demorar muito tempo.]
You ought not to go. [Você não deveria ir.]

  • Embora seja um modal verb, ought to é seguido de um infinitivo com to.

You ought to see a dentist. [Você deveria ir ao dentista.]

Uso

1. Ought to é usado para dizer que achamos que algo é provável (pois parece normal ou lógico).

“We’re spending the winter in Bariloche.” “That ought to be nice.” [“Vamos passar o inverno em Bariloche.” “Vai/Deve ser legal.”]
Henry ought to be here soon – he left home at six. [O Henry deve chegar logo – ele saiu de casa às seis.]

2. Ought to também é usado para impor e perguntar sobre obrigação, para aconselhar alguém (inclusive você mesmo) a fazer algo ou dizer que alguém tem o dever de fazer algo ou perguntar sobre o dever de alguém.

What time ought I to arrive? [Que horas devo chegar?]
I really ought to call Mom. [Tenho mesmo que ligar para a mamãe.]
You ought to be more careful. [Você tem que ser mais cuidadoso.]
People ought not to drive like that. [As pessoas não deveriam dirigir assim.]

Nos dois sentidos acima, ought to tem um sentido semelhante a should. Lembre-se de que ought to e should são formas mais suaves de must, que indica uma obrigação maior. Veja alguns exemplos:

That must be Henry. [Deve ser o Henry. – Tenho certeza de que é o Henry.]
That ought to be Henry. [Deve ser o Henry. – Há uma razão para que eu ache que é o Henry.]

You must tell the police. [Você tem que contar para a polícia. – obrigação, forte conselho]
You ought to tell the police. [Você deveria contar para a polícia – conselho]

Usamos os advérbios always, never e really com ought to.

You always ought to carry some spare money. [Você sempre deveria levar consigo um trocado. – mais informal]
You ought always to carry some spare money. [mais formal]

This is it for today! See you tomorrow and have a great one!

Phrasemix: “Nah, she’s way out of my league.”

Posted on 15. Mar, 2012 by in Intermediário

Hi, everybody!

Hoje temos mais um post adaptado do site Phrasemix, gentilmente cedido pelo Aaron Knight especialmente para você, querido leitor que quer aprender inglês. Vamos trabalhar com três expressões bem comuns: nah, way e out of one’s league. Leia a situação abaixo:

Um amigo sugere que você convite uma menina que você gosta para sair. Você acha ela linda demais e que ela não gosta de você da mesma maneira e diz:

Nah, she’s way out of my league.


 

 

 

 

 

 

 

 

Nah.

É uma maneira casual de dizer “não”. Use com família e amigos mais próximos.

A: Do you want me to pick you up something to eat? [Você quer que eu busque algo para comer?]
B: Nah, I’ll just make myself a sandwich or something. [Não, vou fazer um lanche ou algo assim.]

(someone) is out of (someone’s) league

Alguém que é out of someone’s league é muito bonito, rico ou legal para namorar alguém, ou seja, “muita areia para o caminhãozinho”.

Esta expressão vem da liga dos esportes. Se você é membro de uma liga amadora de esportes você não pode competir com alguém na liga profissional. Da mesma forma, uma pessoa que é mais bonita que você ou mais rica está “out of your league”, fora do seu alcance.

She’ll never agree to go out with me. She’s out of my league. [Ela nunca vai concordar em sair comigo. Está fora do meu alcance.]

way (something)

Usamos “way ___” em comparações para enfatizar um adjetivo. Tem o mesmo signficado de “much” ou “very”.

She’s way better at this than me. [Ela é muito melhor nisso do que eu.]
It’s not up to me; I’m way too far down on the totem pole. [Não depende de mim; eu não mando muita coisa na empresa.]
Don’t get angry. You’re way too sensitive. [Não fique bravo. Você é sensível demais.]

Clique aqui para ler o post original do site do Phrasemix.

Aaron Knight é o autor e ilustrador do site PhraseMix.com, um site que ensina o inglês com frases e expressões muito úteis do dia-a-dia. Já ensinou inglês nos Estados Unidos e Japão, para alunos de escolas regulares, faculdades e inglês para negócios. Aaron mora em Nova Iorque.

Expressão: to get an earful

Posted on 14. Mar, 2012 by in Intermediário

Hey, there! How’ve you been?

Hoje é quarta-feira, meio da semana e tenho certeza de que você já está antecipando os planos para o fim de semana. Mas antes disso, vamos aprender uma expressão idiomática bem interessante em inglês: to get an earful.

Ah, quem nessa vida já não got an earful da mãe, do pai, do patrão, do professor, entre outros! To get an earful é quando alguém grita com você porque você fez algo errado ou cometeu algum erro. Como dizem, mães são todas iguais e quando elas começam a falar, telling us off (dando aquele sabão), elas não param mais. Há alguns pais e chefes assim também.

Vamos ver alguns exemplos com to get an earful?

Don’t make her mad if you don’t want to get an earful. She’s been in a bad mood all day.
[Não deixa ela brava se você não quiser ouvir um sermão. Ela está de mau humor o dia todo.]

Why did you forget all about tonight’s dinner? You know how strict mother is. You will surely be getting an earful.
[Por que você foi se esquecer do jantar de hoje? Você sabe o quanto sua mãe é rígida. Com certeza ela vai encher tua orelha.]

If you don’t have that project proposal ready by Tuesday, be ready for an earful.
[Se você não tiver a proposta do projeto pronta até terça, prepare-se para um falatório.]

Hurry up! I don’t want to be late again. I already got an earful from the principal yesterday.
[Depressa! Não quero me atrasar de novo. Eu já levei um sermão do diretor ontem.]

He gave me a real earful about being late so often.
[Ele encheu minha cabeça por estar sempre atrasado.]

I got a very unpleasant earful from a truck driver who thought I was in his way.
[O caminhoneiro que achou que eu estava atrapalhando falou um monte pra mim.]

E você? Lembra da última vez que got an earful? Conta pra gente!

Estamos em guerra! Quem venceu!

Posted on 13. Mar, 2012 by in Negócios

Hey, there!

Não se assuste de novo! Hoje trago a correção do exercício das expressões idiomáticas relacionadas à guerra do post de ontem aqui no blog da Transparent Inglês, all right?

Vamos lá!

1. to give up without a fight – to concede without trying to do anything about it
2. to lose ground – to suffer setbacks
3. to be one’s own worst enemy – to defeat oneself
4. to be a casualty of something – to fail because of something
5. to have someone surrounded – to attack on all sides
6. to ambush someone – to surprise attack someone
7. to come out fighting – to react strongly
8. to make a killing – to have great economic success

Agora a correção das frases!

1. During the press conference, a reporter ambushed the CEO with a question about the political situation in Africa; the news of war had just come out 10 minutes ago, and he didn’t know about it yet.
2. His ambition to get promoted was the casualty of his inability to get strong support from key senior managers.
3. My grandfather made a killing in the stock market, then opened his own shipping business and died a rich man.
4. We can’t give up without a fight. We have to do everything we can to protect this market.
5. During the Q&A session she tried to get out of talking about layoffs, but we had her surrounded. In all, seven members of the team asked her about it; finally she was forced to respond.
6. In this situation, it just won’t do to take one step at a time. We need to come out fighting, all at once.
7. Successful companies are often their worst own enemies. Without any direct competition, they either overextend their resources in new investments or suffer from lazy self-satisfaction.
8. Despite all our best efforts, we have really lost a lot of ground in the last five months.

Estamos em guerra!

Posted on 12. Mar, 2012 by in Negócios

Calma aí! O título é só para chamar sua atenção pois em inglês, em contextos de negócios, usamos muitas expressões idiomáticas relacionadas à guerra pois, querendo ou não, estamos todos competindo para ter um lugar melhor na empresa ou vender mais produtos do que nosso concorrente, não é?

Hoje vou fazer um jogo com você. Vou dar a expressão e você vai ter que encontrar seu significado na lista abaixo e também completar algumas frases com essas expressões, ok? A resposta vem no post de amanhã. Shall we go for it?

1. to give up without a fight
2. to lose ground
3. to be one’s own worst enemy
4. to be a casualty of something
5. to have someone surrounded
6. to ambush someone
7. to come out fighting
8. to make a killing

to attack on all sides
to concede without trying to do anything about it
to defeat oneself
to fail because of something
to have great economic success
to react strongly
to suffer setbacks
to surprise attack someone

Complete as frases abaixo com uma palavra ou expressão acima.

1. During the press conference, a reporter ___ the CEO with a question about the political situation in Africa; the news of war had just come out 10 minutes ago, and he didn’t know about it yet.
2. His ambition to get promoted was the ____ of his inability to get strong support from key senior managers.
3. My grandfather ___ in the stock market, then opened his own shipping business and died a rich man.
4. We can’t ___. We have to do everything we can to protect this market.
5. During the Q&A session she tried to get out of talking about layoffs, but we had her ___. In all, seven members of the team asked her about it; finally she was forced to respond.
6. In this situation, it just won’t do to take one step at a time. We need to ___, all at once.
7. Successful companies ___ often ____. Without any direct competition, they either overextend their resources in new investments or suffer from lazy self-satisfaction.
8. Despite all our best efforts, we have really ___ a lot of ___ in the last five months.

Teacher, como eu digo “torcer” em inglês?

Posted on 09. Mar, 2012 by in Iniciante

Bem, meu querido aluno, o verbo torcer pode ser traduzido de quatro formas em inglês.

Quando você torce para um time ou alguém que está jogando num time, use to root for. Veja alguns exemplos:

Pedro started rooting for Palmeiras ever since he moved from Bahia to São Paulo. [O Pedro começou a torcer para o Palmeiras desde que ele se mudou da Bahia para São Paulo.]
I’m sure you’ll win. Everyone’s rooting for you. [Tenho certeza de que você vai ganhar. Todos estão torcendo por você.]
If he was in the game, I’d be rooting for him, just like he’d be rooting for me. [Se ele estivesse no jogo, eu estaria torcendo por ele, como ele estaria torcendo por mim.]

Quando “torcer” quer dizer que você quer que algo dê certo ou aconteça de certa forma, “fazendo figa”, use a expressão to keep one’s fingers crossed. Neste contexto também podemos usar a expressão to root for someone.

I’m keeping my fingers crossed that you will get your American visa. [Vou torcer para você conseguir seu visto americano.]
I’m taking the Vestibular tomorrow. Keep your fingers crossed. [Vou fazer o vestibular amanhã. Torce por mim.]

Agora, “torcer” roupa, pano etc. é expressado pelo verbo to wring (wrung – wrung). Podemos também usar to wring out com este sentido.

Don’t forget to wring the clothes before you hang them out on the line. [Não se esqueça de torcer as roupas antes de pendurá-las no varal.]
These shirts are soaking wet! Go wring them out! [Estas camisas estão ensopadas! Vai torcê-las!]

Usamos o verbo to twist quando torcemos o pulso, o tornozelo, o joelho etc.

I twisted my wrist playing volleyball. [Torci o pulso jogando vôlei.]
He slipped on a banana skin and twisted his ankle. [Ele escorregou numa casca de banana e torceu o tornozelo.]

Nos exemplos com o verbo to twist acima, também podemos usar o verbo to sprain.

Tenha um ótimo fim de semana!

Como pronunciar as contrações em inglês

Posted on 08. Mar, 2012 by in Pronúncia

Morning, y’all! How’s it going?

Uma das dificuldades que alguns alunos brasileiros têm é falar inglês com contrações, pois acham que vão soar muito informais ou até mesmo grosseiros. Isso não é verdade e no vídeo abaixo a professora americana Rachel dá uma super aula sobre a pronúncia das contrações em inglês americano.

Gostaria de te lembrar de algo: qualquer habilidade que vamos aprender, seja falar inglês, fazer tricô, jogar xadrez, cantar, ou qualquer outra atividade requer, sim, esforço e dedicação. E com a pronúncia não é diferente. Você só terá uma pronúncia boa se praticar e muito. Acreditar que vai acontecer da noite para o dia é um erro, então esforce-se para dar o melhor de si.

Vamos ver o vídeo?

YouTube Preview Image

Se você está lendo este post no seu e-mail, clique aqui para ver o vídeo.

See you next time!

Caia na real, please!

Posted on 07. Mar, 2012 by in Iniciante

Não!

Não estou bravo com você achando que você está no mundo da lua, daydreaming about something. É só para chamar sua atenção para como dizer a expressão “cair na real” em inglês!

Em inglês usamos o famoso verbo to get + real. Cair na real = to get real. Vamos ver alguns exemplos:

Get real! He doesn’t love you anymore. [Cai na real! Ele não te ama mais.]
You think you can outrun me? Get real. [Acha que consegue me vencer na corrida? Se liga!]
It’s time to get real and fix those stupid mistakes. [É hora que abrir os olhos e corrigir esses erros tontos.]
After so much partying they’re going to have to get real and start studying. [Depois de tanta festa eles vão ter que cair na real e começar a estudar.]

Também podemos usar as expressões to wake up to the fact e to wise up to the fact para expressar uma ideia semelhante a to get real, significando “dar-se conta de algo”.

When he woke up to the fact that his wife was cheating on him, he lost his mind. [Quando ele se ligou que sua esposa o estava traindo, ele perdeu a cabeça.]
It is about time that people woke up to the fact that it’s up to them to choose a good and reliable president. [Já passou da hora de as pessoas cairem na real de que depende delas escolher um presidente bom e confiável.]

It’s about time you wised up to the fact that your chances for promotion in this company are very slim. [Já passou da hora de você cair na real e ver que suas chances de promoção nesta empresa são minimas.]
When he wises up to the fact that he’s wasting precious time hanging with that crowd, it’s going to be too late. [Quando ele se der conta de que está perdendo tempo precioso andando com aquela galera, vai ser tarde demais.]

This is it for today, see you next time!

Vergonha de falar inglês?

Posted on 06. Mar, 2012 by in Iniciante

Hey, there! How’ve you been?

Esses dias me lembrei de uma ótima aluna que eu morria de vergonha de falar inglês na aula. Ela tirava ótimas notas nas provas, entregava o homework assiduamente, conseguia fazer os exercícios de listening com sucesso, enfim, era uma ótima aluna. Porém, ela travava na hora de falar. Literalmente, não saía nada da boca dela.

Aquilo me frustrava e conforme foram se passando as aulas fui perguntar o que acontecia. Ela me disse que ficava literalmente petrificada, como se tivesse olhado para a Medusa (palavras minhas, ok?). E durante meus anos de sala de aula isso aconteceu várias vezes com vários alunos e, conversando com outros teachers, percebemos alguns dos pensamentos que esses alunos têm na hora de falar inglês:

“Vão me julgar.”
“Minha pronúncia não é boa.”
“Eu não consigo falar rápido.”
“Se eu errar a gramática vão rir de mim.”
“Se eu demorar muito o professor vai passar a vez para outra pessoa e eu vou ficar com cara de bobo.”
“E se eu errar o que o professor acabou de ensinar?”

Certamente você, aluno de inglês, já deve ter tido algum desses pensamentos, o que é completamente normal. Agora eu gostaria que você pensasse numa coisa: Qual é a pior coisa que poderá acontecer com você se você errar? Mas a pior mesmo, o worst-case scenario, a pior das hipóteses. Pensou? Tenho 99,9% de certeza de que você não vai morrer (literalmente) de vergonha ou que seus colegas de classe vão ficar zombando de você até o final do ano, não é?

Lembre-se: errar é normal e todos erramos, inclusive quando falamos português, nossa língua materna. Se você travar, gaguejar ou usar um verbo auxiliar errado quando estiver falando inglês, o que é que tem? Hein? Use isso como um aliado no seu aprendizado. Se você diz he don’t can em vez de he can’t, policie-se para usar a forma correta da próxima vez. Se não nos esforçarmos para corrigir esses errinhos, eles se sedimentam e fica mais difícil corrigi-los mais tarde.

Agora uma dica de outro para você que quer e vai aprender inglês: estude antes. Isso mesmo, veja a matéria que será estudada na próxima aula, antecipe algumas das respostas, pense nas possíveis perguntas que o professor poderá fazer, aprenda o vocabulário novo antes, seja excelente e diferente. Com esse tipo de atitude eu tenho certeza de que você vai se sentir mais confortável ao falar inglês e vai aproveitar muito mais seu curso.

Vergonha pra quê mesmo?

Take care and have a good one!

Como dizer “farinha do mesmo saco” em inglês

Posted on 05. Mar, 2012 by in Intermediário

Usamos a expressão “birds of a feather flock together” para dizer “farinha do mesmo saco” em inglês, indicando que pessoas com gostos e interesses similares se juntam e forma grupos. Literalmente quer dizer “pássaros do mesmo tipo voam juntos”. Veja alguns exemplos:

A: We hardly ever see my brother any more. He is always hanging out with his artist friends. [Quase não vemos mais meu irmão. Ele só anda com seus amigos artistas.]
B: Birds of a feather flock together. [São farinha do mesmo saco.]
A: That’s true, they’re all alike. [É verdade, são todos parecidos.]

A: Look at all of those teenage girls wearing almost exactly the same clothes. They always do everything with one another too. [Olha aquelas adolescentes usando quase as mesmas roupas. Elas sempre fazem tudo juntas também.]
B: Well, birds of a feather do flock together. [Bem, farinha do mesmo saco.]

Lembre-se de que em português a expressão “farinha do mesmo saco” tem sentido mais negativo. Em inglês, quer dizer somente que as pessoas são parecidas e se agrupam por interesses em comum.

A expressão birds of a feather flock together pode ser adaptada para alguns contextos ou situações específicas, mas o significado permanece o mesmo. Veja alguns outros exemplos:

Women of my age flock together; we are birds of a feather. [Mulheres da minha idade fazem as mesmas coisas; somos iguais.]
I’m so happy Meredith and Aiden got married; they are birds of a feather. [Fico feliz que a Meredith e o Aiden se casaram; eles são iguais.]

Agora, como estamos falando de pássaros, você saberia reconhecer quais são esses pássaros?

Robin

Crow

Finch

Sparrow

Seagull

Swan

Duck

Pelican

Woodpecker

Dove