Collocations with verb “passar”

Posted on 04. Dec, 2013 by in Vocabulary

Olá, pessoal!

Collocations are word combinations. For example, we say “do business” and not “make business”, right? We say “take a shower” and not “do a shower”.

The verb passar has several very useful and interesting collocations and today I’m going to share some of them with you.

Remember: the best way to remember words and expressions is to learn and use them in context!

Estão prontos? Vamos lá!

o tempo está passando – time is passing
passar a mão – to touch, to grope (body part)
passar roupa – to iron clothes
passar algumas páginas – to flip through some pages
passar batido – not to realize, not to remember
passar de ano – to pass a school year
passar despercebido – to go unnoticed
passar desta para melhor – to die, to meet your Maker
passar fome – to starve
passar manteira no pão – to spread butter on the bread
passar necessidade – to be in need/lack of something
passar os olhos sobre – to look/read over
passar um pano – to mop (a surface)
passar um tempo – to spend some time
passar uma informação – to give an information
passar vergonha – to get embarrassed

A little exercise for you: fill in the blanks with a word from the collocations above.

1. A cozinha está muito suja. Acho que vou passar um ______.
2. Não consegui ler o documento inteiro. Só passei os _______ porque vou ler com mais calma mais tarde.
3. Meu filho fez birra na loja e me fez passar _____.
4. A confusão era tanta que o aniversário dela passou _____.
5. Eles eram muito pobres e estavam sempre passando _____.
6. Tenho que estudar muito para passar de _____.
7. Eu odeio passar _____. Prefiro muito mais lavar.
8. Acho que vou passar um _____ com meus pais no interior.
9. Não cuido deste departamento, mas o Jorge pode te passar as _____ necessárias.

Over to You!

Put your answers to these sentences in the comments area! I’d LOVE to hear from you!

Take care!

Want more free resources to learn Portuguese? Check out the other goodies we offer to help make your language learning efforts a daily habit.

05 Very Common Brazilian Idioms

Posted on 02. Dec, 2013 by in Slang

Hello, there!

Tudo bem com você?

We are going to kick this week off with five very interesting and common Brazilian idioms. Remember: whenever you come across this kind of idioms, write them down and review them regularly!

Let’s do this!

01. Bater perna – to stroll around; to walk around

Passe a manhã inteira batendo perna no centro da cidade. Eu precisava encontrar um presentinho para a minha afilhada.
I spent the whole morning strolling around downtown. I needed to find a little gift for my goddaughter.

Nossa, hoje eu tô muito cansado. Bati perna o dia inteiro resolvendo um monte de coisa.
Man, I’m so tired today. I walked around all day and ran a thousand errands.

02. Dar um pulo – to stop by/over, to come by/over; to run to a place quickly

Oi, Paulo! Você está ocupado? Posso dar um pulo aí pra gente conversar?
Hi, Paulo! Are you busy? Can I come by so we can chat?

Eu vou dar um pulo na padaria, mas eu volto rapidinho.
I’m going to run to the bakery, but I’ll be back in a heartbeat.

03. Quem me dera! – I wish!

Quem me dera poder tirar férias na época do Natal.
I wish I could go on vacation at Christmas.

Não tô namorando a Patricia não. Quem me dera, a gente só tá ficando.
I’m not going steady with Patricia, no. I wish, we’re just having a fling.

04. Tirar de letra – to sail through the experience, to do something very easily

Ele achou que não ia conseguir falar com os americanos. Mas tirou de letra.
He thought he wasn’t going to be able to talk to the Americans. But he sailed through the experience.

O Pedro estava super inseguro depois de ter feito sua apresentação, mas eu achei que ele tirou de letra.
Pedro was super insecure after giving his presentation, but I thought he sailed through the experience.

05. Abusar da sorte – to push one’s luck

Tá tudo bem agora, mas não abusa da sorte.
It’s alright now, but don’t push your luck.

Ele abusou da sorte e se encrencou muito.
He pushed his luck and got into a lot of trouble.

Want more free resources to learn Portuguese? Check out the other goodies we offer to help make your language learning efforts a daily habit.

Do You Get Anxious When You Speak a Foreign Language?

Posted on 27. Nov, 2013 by in Learning

Hello, there!

I made a little video for my personal blog readers a couple of weeks ago. In this video I give three major tips to become more fluent in Portuguese or any other language you are learning.

The video is in Portuguese and below is a rough draft I wrote before recording it – I may have added or removed some stuff, so keep an eye out!

I hope you enjoy this!

YouTube Preview Image

E ai pessoal, beleza?

Um dos meus ex-alunos me mandou um inbox no Facebook esses dias e perguntou: “Adir, quais são as coisas que mais impedem a fluência?”

Esse cara é muito bom em inglês, passou no exame FCE e pra mim ele é uma referencia de um bom aluno. Dai fiquei pensando no que ele fazia quando era aluno e como ele chegou a ter um nível muito bom de inglês.

Cheguei a duas conclusões: ele não tinha medo de errar e ele não tentava falar rápido.

Não ter medo de errar! Isso é o que trava e congela muitos de vocês, eu suponho. Acredito que isso se deve ao fato de que sempre fomos condicionados a aprender gramatica e mais gramatica e acertar todos os exercícios de preencher lacuna, ou as formas dos verbos irregulares, esse monte de coisa.

Agora, o inglês da vida real é muito mais relaxed, e como no português, os falantes nativos também não falam tudo como é gramaticalmente aceito ou correto. Pra mim o foco é a comunicação, é usar o inglês em situações reais e úteis. Tipo vamos supor que você trabalha numa empresa e precisa ligar para um cliente e resolver um negocio em dois minutos. Se, no final da ligação, você tiver resolvido seu problema com sucesso, o que importa se você errou a conjugação de algum verbo ou não soube usar o Present Perfect quando deveria.

E também pode parar com essa historia de ficar se desculpando de antemão que seu inglês é ruim. Na minha opinião, você já é awesome, já é incrível por ter aceitado o desafio de aprender uma língua estrangeira, o que não é trabalho muito fácil. Errar faz parte, em tudo que a gente faz. Agora reconhecer o erro e corrigi-lo, logo no inicio, também é importante. Errou de novo? Corrige de novo e fica ciente das áreas onde você não é muito forte. Não é porque errou que tem que ficar errado né?

O outro aspecto da fluência é não ter que falar rápido. Voce provavelmente fala em ritmo natural e as vezes rápido em português, porque é sua primeira língua e você já fala há muito tempo. Quando você aprende um outro idioma é outra historia, você precisa perceber alguns padrões do idioma para somente depois reproduzi-los – e isso acontece com a prática da audição. Uma birra minha com as escolas de inglês é que elas não ensinam os alunos a estudar e só ficam jogando conteúdo. A pratica do listening é tão ou mais importante quanto a pratica do speaking. E tem que ouvir analiticamente, prestando atenção à pronuncia das palavras, às combinações de palavras, como os falantes nativos juntam as coisas na fala do dia a dia.

Vejo que muitos alunos analisam muito antes de fazer uma frase. Novamente, tudo isso é culpa da sobre-gramaticalizacao, olha que palavra grande! Isso mesmo, é muita regra e pouca prática. Entao a minha dica hoje é, estude menos gramática e ouça mais!

Vou adorar se você curtir esse vídeo e comentar ai embaixo o que achou