Menu
Search

A imersão no aprendizado do inglês Posted by on Nov 7, 2012 in Iniciante

Galera na aula de vocabulário na Boston School of Modern Languages

E aí, pessoal? Tudo bem?

Uma ideia que muita gente tem com relação a aprender inglês ou alguma outra língua é que estando no país onde tal língua é falada você vai aproveitar mais do que se estiver estudando no seu país.

Fui visitar uma escola de inglês em Boston onde um ex-aluno está estudando e ver como a coisa acontece lá. On paper (teoricamente) tudo é muito programado e a escola é bem série e estruturada. Daí fiquei pensando qual seria a diferença entre você gastar R$5.000 com aulas de inglês aqui no Brasil ou US$2,500 nos Estados Unidos. Conversei também com alguns alunos de uma outra escola de inglês em San Francisco e vou resumir alguns pontos positivos e negativos sobre estudar inglês fora do Brasil.

Pontos Positivos

– Você está num país onde “quase” tudo funciona em inglês. (Por ter muitos estrangeiros em algumas situações é possível se comunicar em espanhol, francês, português etc).

– Os canais de TV são todos em inglês e somente dois em espanhol (Telemundo e Univisión)

– Você tem a oportunidade de usar o inglês em situações reais como pedir comida pelo telefone, ir ao cinema, pegar transporte público, entre outras coisas.

– A vivência no exterior agrega valor ao seu currículo e à sua experiência de vida.

Pontos Negativos

– Alunos que são da mesma nacionalidade tendem a ficar sempre juntos e fora da aula, falam basicamente o idioma de origem.

– Os que dividem apartamento raramente falam inglês depois das aulas.

– Se você chega com inglês básico ou com nenhum inglês é mais trabalhoso se adaptar.

– Sem revisão depois das aulas é certo que o aprendizado não acontece.

Dicas para se dar bem num programa de imersão (lembre-se, são somente sugestões!)

– Vá com inglês no mínimo intermediário – dessa maneira você vai aproveitar mais seu tempo e estudo no país onde for estudar.

– Tente interagir em inglês com o máximo de pessoas possível. Mesmo sabendo o caminho para onde você vai, pergunte às pessoas na rua, pergunte às horas. Supere sua timidez ou vergonha pois você já é vencedor por estar aprendendo uma língua estrangeira.

– Se possível, mesmo com brasileiros, faça questão de falar somente em inglês. Sei que é difícil e no final do dia você vai estar até com dor de cabeça e lembre-se de que seu esforço vai compensar.

– Chegou em casa depois da aula, ligue a TV em inglês, assista noticiários, programas de auditório.

– Tente nomear todos os móveis da sua casa ou apartamento. Dúvida? Pergunte aos professores, vá ao Google!

O blog é muito democrático então se você tiver mais sugestões sobre como otimizar a experiência de imersão no exterior, por favor deixe um comentário e vamos ajudar às pessoas que querem aprender inglês no programa de imersão.

Tags:
Keep learning Inglês with us!

Build vocabulary, practice pronunciation, and more with Transparent Language Online. Available anytime, anywhere, on any device.

Try it Free Find it at your Library
Share this:
Pin it

About the Author: Adir

English / Spanish teacher and translator for over 20 years. I have been blogging since 2007 and I am also a professional singer in my spare time.


Comments:

  1. jeferson nascimento:

    Obrigado Adir pelas dicas de hoje, foram muito valiosas pra mim, faço Letras inglês na Uema, faço o segundo periodo, mas pretendo fazer intercâmbio somente no quinto porque sei que já terei um inglês mais avançado pra aproveitar melhor tanto o aprendizado como as oportunidades de amizade e turismo pela cidade desejada.

  2. Luciano:

    Olá, obrigado pelas dicas!
    Mas vc teria uma sugestão de escola para estudo de inglês (um mês) na Inglaterra?? E nos EUA??
    Abçs e obrigado.
    Luciano

  3. Diego:

    Muito bom esse post, Adir.

    Eu gosto muito dessa ideia de imersão. Quero fazer um intercâmbio em 2013.

    Aqui no Brasil, eu procuro ouvir em Inglês o tempo todo, quando possível. Muitos podcasts.

    Além disso, filmes e programas com o áudio em Inglês.