LearnEnglishwith Us!

Start Learning!

Transparent Inglês

[2017 Retrospective] – Part I Posted by on Jan 17, 2018 in Iniciante

Hello, dear readers! Olá, queridos leitores! How is your 2018 going? Como está o 2018 de vocês?

Estamos em january (janeiro) e chegou a hora de fazer uma retrospective (retrospectiva) de todos os eventos que abalaram o mundo anglófono last year (ano passado). 2017 foi marcado por conflitos, contradições e momentos marcantes, so let’s read more about it!

Hollywood harrassment – Assédio em Hollywood

The american producer Harvey Weinstein (photo by David Shankbone (Own work) [CC BY 3.0 (http://creativecommons.org/licenses/by/3.0)], via Wikimedia Commons)

Muito se discutiu sobre os escândalos de sexual harrassment (assédio sexual) em Hollywood que vieram ao conhecimento do público em 2017, gerando uma onda de denúncias e abalando o meio cinematográfico. Tudo começou quando algumas actresses (atrizes) acusaram o poderoso produtor Harvey Weistein de ter apresentado inappropriate behavior (comportamento inadequado), como fazer investidas sexuais explícitas e convidá-las para seu quarto de hotel à noite. Desde então, a lista parece não ter fim, e quase centenas de vítimas, como as stars (estrelas) Angelina Jolie e Gwyneth Paltrow alegaram dificuldades em trabalhar com Weinstein. Outros grandes nomes da movie industry (indústria do cinema) como Kevin Spacey, Dustin Hoffman, Ben Affleck, James Franco e many others (muitos outros) também enfrentam queixas de assédio e conduta abusiva no ambiente de trabalho.

No mundo do entertainment (entretenimento), já era sabido que muitos homens se valem de sua fame (fama) e power (poder) para colocar mulheres em uma posição desconfortável para progredir em suas careers (carreiras). O sentimento é de indignação, mas espera-se nesses tempos de change (mudança) que essa postura masculina possa ser combatida e os culpados sejam punidos pelos seus atos. É o momento em que women (as mulheres), e não somente as celebridades, não tenham mais suas vozes silenciadas.

Terrorism – Terrorismo

Infelizmente não foram poucos os attacks (ataques) que causaram momentos de horror e pânico no ano anterior. Em Manchester, na saída de um show da cantora pop Ariana Grande, um homem-bomba matou 22 pessoas e deixou ao menos 60 injured (feridos). Um grupo terrorista reinvindicou a autoria do atentado. Já em Charlottesville nos EUA, o terrorismo doméstico atingiu o país durante uma manifestação nacionalista de white supremacists (supremacistas brancos). Um carro avançou em direção à multidão de protestantes antifascistas que se posicionavam contra a extrema-direita. Uma pessoa foi morta e várias se feriram no atropelamento. Um extremista de vinte anos de idade se declarou responsável pelo crime.

Em um outro episódio ainda mais marcante, 60 mortos e mais de 500 foram feridos em Las Vegas no biggest (maior) tiroteio em massa da história dos Estados Unidos. O assassinato em massa ocorreu durante uma apresentação de música country, quando um homem de 64 anos opened fire (abriu fogo) da janela de seu quarto de hotel em um cassino. As motivações do massacre permanecem desconhecidas até hoje.

E é com tristeza que admitimos que esses são apenas alguns dos casos de violência que tomaram conta do world (mundo) em 2017. Somam-se milhares inocentes e o clima de insegurança prevalece, mas é preciso, ter esperanças de que 2018 será um ano de maior peace (paz).

Bitcoin

Bitcoin (photo by casino (Open Clipart) [CC0], via Wikimedia Commons)

A novidade que tem chamado a atenção e atingiu seu auge no ano passado foi o enigmático bitcoin, the digital currency (a moeda digital) que entrou em cena em 2009 e abalou o mercado financeiro desde então. Falar sobre essa nova moeda não é uma tarefa simples, então vamos tentar nos ater ao básico. O bitcoin, que foi inventado por um grupo de pessoas desconhecidas, é uma criptomoeda que não existe fisicamente e funciona como um sistema econômico alternativo que atua de forma eletrônica.

As transações são realizadas diretamente entre users (usuários), sem a necessidade de um intermediário, o que também significa que sua emissão não passa pelo controle de uma instituição ou Banco Central. Essas transações são anônimas e não rastreáveis, ou seja, seus donos não podem ser identificados, o que atraiu o foco de novos investidores/compradores. Ele inclusive já é aceito como meio de pagamento em alguns países, como no Japão. Embora várias suspeitas sejam lançadas sobre a validade desse dinheiro no formato digital, a adoção dessa tecnologia tem crescido mundialmente. Talvez tenha até chegado a hora de investir neles!

There’s more to come next week! Semana que vem tem mais!

 

Tags: , , , ,
Share this:
Pin it